Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Dicas de Saúde Coceira no ouvido
10/11/2016 - 11h15m

Coceira no ouvido

Em alguns pacientes, a coceira nos ouvidos é causada por alergias que requerem tratamento médico específico

Coceira no ouvido

Fonte: www.abcdasaude.com.br / dotorrino.blogspot.com

O que é?

Coceira nos ouvidos é um sintoma desconfortável, irritante. Algumas vezes é causada por fungos (especialmente nos casos agudos), mas na maior parte das vezes é uma dermatite crônica, ou seja, uma inflamação na pele do canal do ouvido. 

A dermatite seborréica, por exemplo, é uma condição semelhante à caspa do couro cabeludo; a cera é seca, escamosa e abundante. Alguns pacientes com este problema melhoram diminuindo a ingestão de certos alimentos agravantes como gordura, açúcar, chocolate e amido. 

O médico, em geral, prescreve gotas de ouvido para serem usadas sempre que for necessário, especialmente na hora de dormir. Não existe um tratamento de cura definitiva da alergia nos ouvidos, mas pode ser mantida sob controle. Em alguns pacientes, a coceira nos ouvidos é causada por alergias que requerem tratamento médico específico. 

Pacientes com coceira, descamação, ou com acúmulo abundante de cera, mais facilmente desenvolvem uma otite externa ou otite dos nadadores, e aí surge a dor. 

Para os casos em que a água entra e fica no canal do ouvido, está indicado o uso de gotas à base de álcool. O álcool absorve a água, ajuda a secar o ouvido e pode mesmo eliminar bactérias e fungos. Uma solução de ácido acético (vinagre) diluído com metade de álcool pode ajudar na prevenção da otite externa. 

Pacientes com esse tipo de problema devem consultar um médico antes do período de praia e piscina para exame e provável remoção de cera e descamações do canal do ouvido. 

Otite Externa Fúngica

Correndo por fora como causa de coceira, mas não menos presente, está a Otite Externa Fúngica, quando acontece uma infecção por fungos no ouvido externo (sim, isso pode ocorrer), gerando sintomatologia de dor, coceira,ardência e entupimento no ouvido. O tratamento também é tópico e eficaz. 

De uma certa forma, o incômodo sintoma pode ser tratado e resolvido. Consulte um Otorrino para avaliar e direcionar o problema .

Mais informações

O famoso Prurido Auricular, ou coceira de ouvido, é uma queixa muito comum em consultórios médicos por esse país afora. Trata-se de um probleminha chato mas que tem solução.

Como sempre na medicina, um sintoma como esse pode abrir um leque de possibilidades de causas bem variadas. Basicamente o Otorrino irá examinar o seu ouvido primeiramente para poder formar um raciocínio diagnóstico e executar o tratamento.

Então vamos lá, qual é o caminho?

Em primeiro lugar, devemos abolir o inimigo número 1 dos ouvidos alheios, o Cotonete! Mais uma dele!

O cotonete ou qualquer outro material introduzido dentro do ouvido, pode favorecer a impactação da cêra, formando rolhas que além de entupir, podem dar a coceira, além de, a longo prazo, minimizar a proteção da pele do ouvido externo o que gera uma sensibilidade exacerbada, iniciando a coceira. Logo, não cutuque o ouvido. 

Existem processos inflamatórios, agudos ou crônicos, que também podem dar o sintoma. É descrito a Otite externa eczematosa, ou chamado de Eczema, na qual há uma descamação da pele do conduto auditivo externo ( o canalzinho que vai até o tímpano), causando a liberação de casquinhas incômodas e até o prurido intenso. O tratamento, além da abolição da manipulação, é feito com medicação tópica.

Ações do documento