Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Dicas de Saúde Gota: Você sabe o que é?
20/07/2015 - 10h02m

Gota: Você sabe o que é?

A maioria dos portadores de gota é composta por homens adultos com maior incidência entre 40 e 50 anos

Gota: Você sabe o que é?

O que é?

A Gota é uma doença inflamatória. Acomete, sobretudo, as articulações e ocorre quando a taxa de ácido úrico no sangue está em níveis acima do normal (hiperuricemia).

O aumento nas taxas de ácido úrico no sangue pode ocorrer tanto pela produção excessiva quando pela eliminação deficiente da substância.

É importante saber que nem todas as pessoas que estiverem com a taxa de ácido úrico elevado (hiperucemia) desenvolverão a Gota.

A maioria dos portadores de gota é composta por homens adultos com maior incidência entre 40 e 50 anos e, principalmente, em indivíduos com sobrepeso ou obesos, com vida sedentária e usuários de bebidas alcoólicas com frequência.

As mulheres raramente desenvolvem gota antes da menopausa e, geralmente, tem mais de 60 anos de idade quando a desenvolvem.

Sintomas

A Gota é caracterizada, inicialmente, por ataques recorrentes de artrite aguda, provocados pela precipitação, nos espaços articulares, de cristais de ácido úrico.

O quadro clássico consiste em dor que frequentemente começa durante a madrugada e é intensa o suficiente para despertar o paciente. Embora qualquer articulação possa ser afetada, sobretudo as dos membros inferiores, o hálux (dedão) é a articulação mais envolvida na primeira crise.

Além da dor, a articulação comumente apresenta-se inflamada com presença de calor, rubor (vermelhidão) e inchaço. Também pode haver formação de cálculos, produzindo cólicas renais e depósitos de cristais de ácido úrico debaixo da pele, formando protuberâncias localizadas nos dedos, cotovelos, joelhos, pés e orelhas. 

Diagnóstico

O diagnóstico da Gota é baseado na história clínica bem feita e associada aos exames mostrando níveis elevados de ácido úrico no sangue.

Outros exames podem ser solicitados como radiografias e dosagem de ácido úrico na urina.

Tratamento

Não há cura para a Gota. O tratamento visa diminuir a dor e inflamação nas crises agudas e a correção da hiperuricemia subjacente com o objetivo de prevenir episódios futuros e evitar lesões nas articulações.

A crise aguda de Gota pode ser controlada com o uso de medicamentos prescritos pelo médico Reumatologista.

Em alguns casos também se recorre a cirurgia. A Gota, se bem tratada, permite uma boa qualidade de vida ao paciente.

Prevenção e Cuidados

É importante evitar os fatores desencadeantes ou que propiciam a formação de ácido úrico, além de um aumento na ingestão de líquidos para otimizar a taxa de fluxo urinário.

Confira alguns fatores que podem ocasionar uma crise de Gota em pessoas hiperuricêmicas:

  • ·         Ingestão de álcool – principalmente vinho tinto e cerveja.
  • ·         Dieta rica em determinados tipos de alimentos (ricos em purina).
  • ·         Trauma físico.
  • ·         Cirurgias.
  • ·         Quimioterapia.
  • ·         Uso de diurético.

 

Ações do documento