Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Dicas de Saúde O que é Osteofitose?
07/11/2016 - 10h35m

O que é Osteofitose?

Também conhecida como bico de papagaio, a doença é caracterizada por lesões nas articulações vertebrais. Isso acontece por conta das posturas erradas ao longo da vida.

O que é Osteofitose?

Fonte: www.tuasaude.com

Os bicos de papagaio como popularmente são conhecidos, é uma doença que afeta as vértebras da coluna, causando dor forte nas costas e formigamento nos braços ou nas pernas.

A doença, cientificamente definida por osteofitose, é chamada de bico de papagaio porque quando se faz uma radiografia para ver as vértebras elas apresentam a forma de gancho que é semelhante ao bico dessa ave.

A osteofitose vai piorando com o passar dos anos e não tem cura, porém existe tratamento que numa fase inicial da doença inclui o uso de analgésicos e sessões de fisioterapia que ajudam a aliviar a dor.

Principais sintomas de bicos de papagaio

Alguns dos sintomas que podem indicar osteofitose incluem:

· Dor forte localizada nas costas ou que irradia até à coxa, principalmente quando se movimenta;

· Sensação de formigamento nas pernas quando se desenvolve na região lombar ou nos braços caso se localize na cervical;

· Diminuição da força muscular.

Estes sintomas são comuns a outras doenças osteoarticulares principalmente da coluna e para confirmar o diagnóstico é fundamental ir no ortopedista.

Como é confirmado o diagnóstico dos bicos de papagaio

Para saber se é bicos de papagaio é preciso fazer exames como raio x e tomografia e quando a dor irradia é fundamental fazer uma ressonância magnética.

Através destes exames de imagem o médico detecta alteração na estrutura das vértebras, observando desgaste do disco, aproximação entre as vértebras e formação de proeminências na região lateral das vértebras semelhante ao bico de um papagaio.

Para aliviar a dor e desconforto que este problema causa o médico pode recomendar o uso de analgésicos e anti-inflamatórios, como Diclofenaco.

No entanto, deve-se manter uma postura correta para evitar o agravamento da doença e, em alguns casos, também pode ser necessário fazer fisioterapia pelo menos 2 vezes por semana para melhorar a postura e diminuir a dor. Veja como não prejudicar a coluna.

Em casos mais graves, pode ser necessário fazer uma cirurgia para corrigir o desalinhamento da coluna.

Como se formam os osteófitos

A coluna é formada por vértebras e entre as vértebras existe o disco intervertebral que amortece dos impactos, distribui a pressão e impede que uma vértebra se aproxime da outra facilitando o movimento.

Devido ao envelhecimento e as más posturas ao longo dos anos levam aos desgaste desse disco aproximando as vértebras, o que leva à compressão dos nervos que passam entre as vértebras.

Para compensar esse desgaste se formam calcificações ósseas, conhecidos por osteófitos, na porção lateral das vértebras de forma a tornar essa região mais estável, o que causa dor e afeta as costas.

Causas dos bicos de papagaio

Normalmente, os bico de papagaio resultam de má posturas ao longo de vários anos. Porém, também podem surgir devido a problemas como hérnias, artrose, escoliose, doenças autoimunes, como espondilite anquilosante e artrite reumatoide, por exemplo.

Este problema é mais comum partir dos 45 anos devido ao desgaste dos discos da coluna vertebral que ocorre com o envelhecimento.

Além disso, é mais frequente quando se tem excesso de peso, não se pratica atividade física nem nunca praticou e já se sofreu traumas na coluna ou se tem uma doença reumática.

Como evitar a formação de osteófitos

Para evitar a formação de é importante ter alguns cuidados, como:

· Manter uma postura correta ao sentar, andar e dormir;

· Evitar pegar em cargas elevadas;

· Ter um peso adequado e, se necessário emagrecer;

·Praticar atividade física regulamente, principalmente exercícios com pouco impacto como hidroginástica, pilates ou andar de bicicleta. 

Assim, para quem já tem bico de papagaio na coluna, a melhor dica é cuidar para que não piore e fazer fisioterapia para diminuir as dores nas costas.

Ações do documento