Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Histórias de sucessos confirmam importância do Ipaseal Saúde
08/08/2016 - 09h57m

Histórias de sucessos confirmam importância do Ipaseal Saúde

Com um histórico de sete cirurgias bem sucedidas, casal evidencia o diferencial e os benefícios que plano de saúde sempre proporcionou a vida da família

Histórias de sucessos confirmam importância do Ipaseal Saúde

Texto e fotos de Ana Rita Moura - Ascom / Ipaseal Saúde

O Ipaseal Saúde faz parte da história recente de Alagoas. Entretanto, sua importância para o servidor público estadual vem de muitos anos. Mais precisamente em 01 de agosto de 1963, data em que foi inaugurado o antigo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado de Alagoas. 

Naquela década, ele já nascia com o foco direcionado à prestação de serviços na área da saúde. Porém, a consolidação como plano de saúde aconteceu em 2005, com a criação do atual Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Alagoas. 

Ao longo da sua trajetória, o plano fez diferença na vida de milhares de servidores e seus familiares. Uma garantia e segurança principalmente para os usuários da terceira idade, que representam nos dias atuais 71,66% do universo de pessoas beneficiadas. 

Casal 01

É o caso do casal Maria Aparecida Gomes Correia, 61, e José Bruno Correia, 63. A professora aposentada e o motorista são exemplos de superação, determinação e confiança no plano Ipaseal Saúde. Com um histórico de sete cirurgias bem sucedidas, eles evidenciam o diferencial e os benefícios que plano de saúde sempre proporcionou a vida da família a mais de uma década. 

“Em apenas dois anos, eu e meu marido realizamos cinco cirurgias. Eu fiz uma de vesícula e a cardíaca. Já ele, fez três: de hérnia inguinal, a de próstata e também do coração. Além de dois outros procedimentos cirúrgicos anteriores: do meu filho, em 2003; na época ele era dependente do plano e a minha operação de catarata, em 2011”, lembra Maria Aparecida. 

Quando tudo parecia ir bem e a saúde em perfeito equilíbrio, o casal foi surpreendido com mais obstáculos em seu caminho. “Em junho de 2014, fui a uma consulta no Centro Clínico do Ipaseal Saúde com a Dra. Maria do Carmo Lobo. Ela me examinou, passou os exames e explicou que eu teria que fazer um cateterismo o mais breve possível. Fiquei muito preocupada, pois não sabia que tinha doença cardíaca”, conta a professora.

Médica Cardiologista Maria do Carmo Lobo. Ela acompanhou o casal diagnosticando e tratando dos problemas cardíacos. Ela atende, no Centro Clínico do Ipaseal Saúde - 02.JPG

“Apesar da gravidade, tive que deixar de lado o meu problema para cuidar do meu marido, que precisava se operar da próstata com mais urgência do que eu. Quando ele ficou bom, finalmente realizei o cateterismo. Todas as cirurgias tiveram excelentes resultados. Por isso sou muito grata. Espero que o plano jamais acabe; que continue a dar assistência de qualidade com bons médicos e hospitais, e que melhore a cada ano”, ressalta. 

Um pouco mais tímido do que a esposa, José Bruno fez questão de narrar um pouco das suas experiências de sucesso com o plano. “Em 2014 fui a um clínico geral. Ele pediu uns exames e me encaminhou para outro especialista. Esse último médico disse que eu precisava fazer uma cirurgia de hérnia inguinal e em seguida mais uma intervenção cirúrgica. Dessa vez na próstata”, explica.

Casal - Maria Aparecida Gomes Correia e José Bruno Correia - 04 (1).JPG

 

“Quando me recuperei da cirurgia da hérnia inguinal, procurei o Ipaseal Saúde, que liberou rapidamente a operação da próstata. Fiz e foi um sucesso. No dia em que recebi alta da cirurgia da próstata e voltei para casa comecei a passar mal. Tive três paradas cardíacas. Me levaram para emergência de um hospital do plano. Lá soube que precisava realizar uma operação no coração. Fiquei internado por 58 dias, até a realização da cirurgia cardíaca”, diz. 

“Por isso sei o quanto o plano Ipaseal Saúde foi, é e sempre será importante para saúde de minha família. Sem ele, talvez não estivesse aqui para contar a minha história. Só tenho a agradecer a todos os profissionais do plano”, afirma emocionado José Bruno.

Ações do documento