Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Ipaseal Saúde investe em orientações e odontologia preventiva
26/12/2016 - 14h55m

Ipaseal Saúde investe em orientações e odontologia preventiva

Pacientes são orientados para os cuidados diários com a boca, com a finalidade de evitar doenças

Ipaseal Saúde investe em orientações e odontologia preventiva

Texto e Fotos: Ana Rita Moura

Ascom - Ipaseal Saúde 

Boa parte dos usuários adultos atendidos no setor de odontologia do Centro Clínico do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Alagoas (Ipaseal Saúde) não possui o hábito de praticar a odontologia preventiva. Ou seja, de ir regularmente ao dentista para verificar se está tudo bem com seus dentes e se há algum sinal de doença bucal. 

Preocupada com esta realidade, a coordenação do setor Odontológico passou a realizar consultas diferenciadas voltadas a prevenção, por meio de orientações práticas sobre os cuidados necessários com a boca. O encontro entre paciente e dentista para uma conversa sobre saúde é previamente agendada e ocorre após o término de um tratamento dentário. 

“Depois que o paciente termina o tratamento dentário é logo agendada a consulta preventiva. Então, ele vem ao Centro Clínico do Ipaseal Saúde, onde é orientado sobre todos os cuidados e higiene que deve ter com a boca. Este paciente aprende a realizar uma escovação correta; como utilizar o fio dental; qual a escova mais adequada para os seus dentes e gengiva; entre outras dicas de saúde”, explica a coordenadora do setor odontológico, Alice Vilas-Bôas. 

Segundo a dentista Guacyra Machado, a ideia do trabalho é focar no paciente adulto. “Geralmente, as ações e os tratamentos preventivos são direcionados as crianças. O que não acontece geralmente com os adultos. Eles ficam meio que esquecidos. Muitos deles tinham recebido este tipo de informação apenas na infância. Por isso, a necessidade de reforçar a prevenção na fase adulta”, afirma Guacyra Machado. 

“Queremos implantar uma mudança de hábito e mentalidade dentro da família. Pequenas alterações na rotina do paciente poderão influenciar diretamente em sua saúde bucal. São práticas simples, como a utilização de uma escova de dente com cabeça e cerdas apropriadas; o trato não apenas com os dentes, mas com a língua e a bochecha e uma alimentação saudável. Coisas básicas e mínimas que melhoram a qualidade de vida. Pois entendemos que ao fazer a parte preventiva teremos menos da curativa”, comenta a dentista. 

O trabalho tem dado bons resultados, além de obter a aprovação e o apoio dos usuários do plano Ipaseal Saúde. “Antes eu não fazia bochecho; também não tinha o hábito de passar o fio dental nos dentes e limpar a língua. Hoje, eu tenho. Até comprei uma escova que se ajusta a minha necessidade. Um sangramento, que surgia com certa frequência, não existe mais. Estou satisfeita com as orientações da dentista sobre os cuidados e dicas para uma boa higiene bucal. Fez uma enorme diferença em minha vida”, esclarece a usuária, Vera Lúcia Fortunato. 

Doenças 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, as principais doenças que acomete a boca são: cárie dentária; doenças periodontais e gengivais (inflamação ou infecção que ocorre na boca, a exemplo da gengivite); as maloclusões (problemas de irregularidades dentárias), lábio leporino, fendas palatinas, câncer bucal, aftas e mau hálito (halitose).

 Leia mais: 

http://www.agenciaalagoas.al.gov.br/noticia/item/12871-ipaseal-saude-investe-em-orientacoes-e-odontologia-preventiva

Ações do documento