Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Mudança para coparticipação será até o dia 31 de março
21/03/2016 - 09h50m

Mudança para coparticipação será até o dia 31 de março

Planos que não realizaram a migração serão desativados a partir do dia 1º de abril

Mudança para coparticipação será até o dia 31 de março

Texto e Fotos: Ana Rita Moura

Ascom - Ipaseal / Saúde 

A partir do dia 1º de abril, todos os contratos do plano do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Alagoas (Ipaseal Saúde) que não fizeram a migração para o regime de coparticipação serão definitivamente desativados. A instituição cumpre a deliberação da Lei Nº 6.668/2005, publicada no Diário Oficial do Estado, em 30 de dezembro de 2005, que extinguiu a modalidade solidária. 

Os usuários titulares da antiga modalidade interessados em aderir a coparticipação deverão comparecer ao setor de Protocolo, até o dia 31 deste mês, para solicitar a sua inclusão. O atendimento é realizado no térreo do prédio-sede das 8h às 14h.  

O processo de reestruturação do plano, com a assinatura dos termos aditivos, que permite a migração para nova modalidade aconteceu no período de 07 de dezembro de 2015 a 19 de fevereiro de 2016. Em 1º de março, o modelo solidário foi suspenso dando lugar a coparticipação. Entretanto, a extinção completa acontecerá em 1º de Abril.  

Interior 

Com a conclusão dessa primeira etapa de mudanças, o Ipaseal Saúde priorizará algumas ações. Entre elas, a implantação de uma rede compatível com as necessidades atuais de demanda dos serviços de saúde da capital e do interior por meio da avaliação das perspectivas de crescimento de mercado. 

Outro avanço diz respeito a assinatura do contrato com hospital Chama de Arapiraca, com a finalidade de ampliar os serviços de saúde no Agreste. Em Maceió, o prédio-sede passará por uma reforma em sua estrutura física para adequação das necessidades da instituição. O projeto arquitetônico foi apresentado a diretoria do Ipaseal Saúde em fevereiro deste ano. 

A reestruturação incluirá ainda, a elaboração de um projeto para o Centro Clínico do Ipaseal Saúde, a fim suprir as carências das equipes técnicas dos setores de Odontologia, programas assistenciais de promoção da saúde e prevenção de doenças, entre outros serviços. 

Urgência e emergência 

Também dentro do plano de ações, o credenciamento de uma nova opção pelo Ipaseal Saúde para o atendimento de urgência e emergência com previsão de implantação para o próximo trimestre. Atualmente, apenas o Sanatório absorve essa demanda.  

Será firmada ainda, a parceria com uma empresa, que dará suporte de reengenharia processual e técnico-administrativa. A ideia é otimizar os recursos, processos e o agendamento de consultas e exames por meio do Call Center com a introdução da biometria para os usuários e a rede credenciada. Além do combate a inadimplência com a implementação de recursos que garantam o equilíbrio financeiro. 

Nova modalidade 

As inovações não param por aí. Será elaborado um estudo técnico para criação de uma nova modalidade de plano de saúde, a ser ofertada aos demais servidores públicos ainda este ano. Como exemplo, o desenvolvimento da modalidade ‘plano empresa’, que contemplará outras instituições públicas do estado. Por fim serão atualizadas as Leis n.º 6.584/2005 e 6.287/2002, com o objetivo de melhor adequá-la às atuais necessidades de gestão do Ipaseal Saúde e de seus usuários.   

“Todas estas mudanças permitirão uma sensível melhoria na qualidade dos serviços internos administrativos, no atendimento da rede credenciada aos usuários, na gestão de recursos da organização e na manutenção das suas necessidades”, acrescenta o diretor-presidente, Francisco de Assis Barbosa.

 

 

 

Ações do documento